O poder da presença nos relacionamentos

O poder da presença nos relacionamentos

O relacionamento é a possibilidade do encontro entre dois seres ou mais seres. Esse encontro é um momento de entendimento, comunicação e troca.

Estar na companhia de alguém nem sempre é estar se relacionando. O ponto principal é a sintonia entre as partes. Você se coloca à disposição e o outro também. A partir desta disposição pode surgir a sintonia através do interesse pelo outro ou à disposição para relacionar-se.

Quando você se relaciona através do interesse, o que está em evidência é o quanto essa relação é proveitosa e corresponde às suas expectativas internas, neste caso pode haver desinteresse e frustração na relação quando as expectativas não são atendidas.

Colocar-se à disposição para se relacionar amplia as possibilidades na comunicação, troca e entendimentos. O foco passa a ser a disposição e não o interesse.

Independente da sua escolha o estado de PRESENÇA é fundamental para a qualidade do relacionamento.

Quantas vezes você compareceu na relação e o outro não estava presente? Popularmente ouvimos as pessoas dizerem: “você está longe…” Termina o encontro e você percebe que o outro não estava presente, ou o contrário, pode ser você o sujeito ausente da relação.

O estado de presença é quando os sentidos, a mente e as emoções colocam-se à disposição no AGORA.

A presença gera um campo de transformação, compreensão e concentração. Quando você está presente, o passado é deixado para trás e o futuro não é importante, o AGORA é o momento onde tudo pode acontecer, mudar e transcender até mesmo dificuldades passadas e ansiedades futuras.

As pessoas que tem uma presença presente são mais acessíveis, empáticas, enérgicas e transmitem confiança e credibilidade. Dificilmente você vai depositar confiança em alguém que apresenta quadros de distração, ausência e apatia. Além de você se sentir desvalorizado e desrespeitado quando só você está presente.

Hábitos saudáveis, práticas corporais, exercícios de concentração e meditação ajudam na presença. Problemas psicológicos, relações mal resolvidas, falta de posicionamento na vida e problemas de saúde, vícios e compulsões desestabilizam o estado de presença.

Sem presença a comunicação é dispersa e superficial. Uma comunicação dispersa aumenta desnecessariamente as chances de desentendimentos, brigas, confusões e prejuízos infinitos.

A manutenção do equilíbrio e a percepção do bem estar pessoal são fatores importantes para a saúde e permanência dos relacionamentos e o aumento do poder presencial.

Reflita sobre o seu estado de presença nos relacionamentos. “Quando você ESTÁ existe a chance do outro também ESTAR. Como o outro vai chegar se ele não o encontra?. AGORA você realmente está para quem e para o quê?

Artigo Elaine Lilli

 

Gostou? compartilhe

quer receber mais artigos envie o seu email

elaine@institutouniao.com.br

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *