Satya Yoga

 

YogaA palavra “yoga” vem da raiz sânscrita “Yui” a qual significa “unir”.
Yoga é um conjunto de praticas e filosofias de origem milenar indiana que tem a finalidade de conectar o individuo com a força do universo .
Yoga é restringir as coisas da mente (Citta) de formar várias formas (Vrittis) “ Swami Vivekananda” .
Krishnamacharya “Acredita que a Yoga é o maior presente da Índia para o mundo” – embora muitas pessoas abordá-la como uma prática espiritual, ele também incorporou uma grande quantidade de cura física, porque é difícil para uma pessoa ter paz com um corpo doente.
Yoga significa também viver em Deus, comungar com Deus. Nas palavras de Swami Sivananda, “Tornar-se harmoniosamente balanceado em todas as direções, e tornar-se estabelecido em Deus é o ideal do Yoga..

Satya Yoga é um método de Yoga Integrativo com base nos fundamentos da filosofia samkhya e nos sutras escritos por Patanjali. Une elementos práticos da Hatha Yoga, Ashtanga Vinyasa Yoga e Air Yoga.

O MÉTODO SATYA YOGA 

Satya significa Verdade.

A Satya Yoga não é uma Yoga diferente. É apenas a essência das práticas Yogues adaptada para a nossa realidade.

O método tem a missão de oferecer o que existe de mais completo, eficiente e transformador na forma de se praticar e aperfeiçoar a Yoga.

Entendemos como método completo a prática que promove equilíbrio e aptidão das funções motoras, bem estar psicológico e motivação, aumento da disposição e vitalidade, compreensão e aptidão das funções intelectuais e intuitivas.

Ensinamos você a colocar o seu potencial em ação e a ser um yogue autêntico, tornando-se uma identidade cooperativa e importante para o seu sistema social.

Como são as aulas e as práticas: 

Chamamos a pratica de Satya de Yoga   de  ALMIGHTY . É o grande momento que você  reserva em torno de uma a uma hora e meia para dedicar-se ao seu desenvolvimento pleno e integral. Através das práticas de

1) Disciplina (Yama)

2) Auto-Controle (Niyama), mantras e mudras – travas para a mente e gestos

Está relacionado com o controle da energia psicofísica liberada pela prática regular da disciplina moral. Os elementos do auto-controle dizem respeito à vida interior.

Servem para harmonizar o relacionamento de si com os outros seres, com a vida em geral e com a realidade transcendental.

3) Postura (Asana)

Yoga

Ásana  é uma palavra de origem sânscrita (em devanágari, आसन, significa sentar”) que nomeia as diferentes posturas utilizadas pela ioga para suprimir a atividade intelectual.
No Ioga Sutras de Patanjali, se menciona a execução de asanas como o terceiro passo do Raja yoga
Dentro da tradição indiana, a sua origem é atribuída a Shiva, que as teria ensinado a sua esposa Parvati.
A ideia original de ásana se refere a uma contemplação (meditação) em posição sentada por longos períodos.  Hoje em dia, é considerada uma posição psicofísica do ioga.
Patañjali, nos Ioga Sutras, descreve asana como sentar em posição firme e confortável para a contemplação (ou meditação), onde a contemplação é o sadhana(o caminho) para se compreender o si.
A prática de asana desenvolve os músculos e articulações deixando-os fortes e flexiveis .  tendões resistentes, bem como o massageamento de órgãos e o equilíbrio das funções  diversas das glândulas  internas. A tradição indiana também enumera, como benefício, a melhoria do fluxo de prana ( energia vital) para permitir o equilíbrio dos kosha e o fluxo de energia pelos nadis (sistema circulatório energético).

4) Yoga Massagem

 

Yoga massagem é uma prática de Yoga em duplas,  que visa o aprimoramento dos asanas (posturas), liberação dos pontos de tensões, relaxamento e alongamento muscular, aumento da mobilidade  e alinhamento  articular., além de reorganizar o sistema nervoso.

Como surgiu

A origem da Yoga Massagem  provém  da Massagem Ayurvédica  método Kusun Modak e através das técnicas milenares dos principais Gurus de  dança clássica indiana, onde utilizavam e utilizam de manobras de alongamento com o intuito de  preparar o corpo do bailarino para  melhorar o desempenho dos movimentos.

Yoga Massagem nas práticas de Yoga

Na  prática de Yoga a Yoga Massagem pode ser útil para que o praticamente se desenvolva mais rapidamente, principalmente porque nos dias de hoje a maior parte dos praticantes tem  acima dos 20 anos e apresentam uma considerável  rigidez na estrutura  musculo- esquelético. Dessa forma , com a prática regular é possível  que o praticante realize posturas avançadas  do Yoga.
O desenvolvimento  continuo é fundamental para a manutenção da motivação.  O método de prática eficiente desperta  entusiasmo e promove  grandes transformações.
Durante as aulas os alunos trocam massagem e ambos  são  beneficiados  através das  técnicas e ao mesmo tempo aprendem  a executar cada manobra. Isso gera um rico conhecimento anatômico e biomecânico.
5) Air Yoga (Yoga Aéreo) 

Air Yoga é para as pessoas que buscam uma prática enérgica e intensa, e para os que almejam uma atividade física que relaxe, e ao mesmo tempo aprimore as aptidões físicas tais como força, flexibilidade, agilidade, coordenação motora e consciência corporal.

Através dos equipamentos o praticante obtém desempenho e beleza os movimentos, tornando os asanas (posturas) da Yoga alinhados e perfeitos, além de preservar a coluna cervical nos exercícios de inversão.

A leve pressão dos cintos e tecidos na coluna lombar e torácica massageia os músculos e articulações provocando bem estar e relaxamento.

6) Controle da Respiração (Pranayama)

Pranayama é uma palavra em sânscrito que significa: prana = força vital; yama = controle.

É usada também para descrever os vários exercícios de respiração yogue que ajudam a dar controle da força da vida.

Os yogues acreditam que o olfato tem outra função: a absorção do prana (energia). Os yogues dizem que respirar pela boca gera uma queda de resistência e danifica o funcionamento das glândulas vitais e do sistema nervoso e, ao mesmo tempo, ao respirar pela boca você estará absorvendo as impurezas do ar sem nenhum filtro, o que pode ser prejudicial à saúde.

É fácil quebrar o hábito de respirar pela boca: basta manter a boca fechada e a atenção para a respiração nas narinas.

“Quando a respiração é irregular, a mente oscila; quando a respiração se vai, a vida também se vai, portanto, o controle da respiração prolonga a vida.” – Hatha Yoga Pradipika

Benefícios do Pranayama

•Melhoria na qualidade do sangue devido à sua oxigenação, aumento e fortalecimento da capacidade pulmonar;

• Maior assimilação dos nutrientes através da digestão, porque os órgãos digestivos, tais como o estômago, recebem mais oxigênio, operando com maior eficiência;

• Equilíbrio do sistema nervoso, incluindo o cérebro e o canal espinhal. Através da oxigenação as células nervosas passam a se comunicar com mais eficiência;

• Rejuvenescimento das glândulas, especialmente as glândulas pituitária e pineal. O cérebro tem uma afinidade especial para o oxigênio, requerendo três vezes mais oxigênio do que o descanso do corpo. Isto tem efeitos em nosso bem estar;Rejuvenescimento da pele, incluindo as rugas e as tensões faciais;

• Ativa e equilibra o sistema digestivo e cardiorrespiratório.

• Promove relaxamento da mente e do corpo. Respirar lenta e profundamente estimula o sistema nervoso parassimpático, que resulta em uma redução do estimulo cardíaco e o relaxamento muscular. Estes dois fatores causam efeito para a mente. Além da oxigenação do cérebro, que tende a normalizar as funções cerebrais, eliminando a ansiedade excessiva.

• Respirar profunda e lentamente ajuda no controle do peso. Se você estiver acima do peso, o oxigênio ajuda a queimar a gordura adicional com mais eficiência. Se você estiver abaixo do peso, o oxigênio extra alimenta os tecidos e as glândulas do sistema nutritivo, ou seja, praticar yoga tende a promover o peso ideal para você.

Os exercícios respiratórios da prática de yoga reduzem a carga de trabalho do coração de duas maneiras:

Primeiro, respirar profundamente estimula os pulmões a funcionarem com mais eficiência o que significa que o coração não tem que trabalhar tanto para o oxigênio chegar até os tecidos.

Segundo, respirar profundamente estimula a pressão nos pulmões e conduz a um diferencial de pressão intenso, melhorando a circulação e reduzindo a carga de trabalho executada pelo coração.

Os exercícios de respiração causam o aumento na elasticidade dos pulmões e na gaiola do reforço. Portanto, a capacidade respiratória é aumentada o dia inteiro, não apenas durante o período real do exercício.

Isto significa que todos esses benefícios ocorrem também o dia todo.

7) Recolhimento dos Sentidos (Pratyahara) e Relaxamento (Yoga Nidra)

Recolhimento dos sentidos está relacionado com:

– o olhar e os olhos;
– o escutar e os ouvidos;- o cheirar e o nariz                                     ;
– o tocar e a pele;
– o paladar e a língua.

Percebemos que eles estão relacionados com o mundo externo. Experenciamos a vida através dos sentidos.

As experiências sempre trazem um resultado que pode ser interepretado como agradável ou desagradável. Através das práticas yogues podemos recolher os sentidos com o intuito de apenas observarmos as experiências, sem deixar que o ego julgue bom ou ruim. O não julgar é que gera o aprendizado. Ao recolher os sentidos temos uma percepção maior do mundo interior. Controlando os sentidos é possível ter uma vida mais equilibrada e com paz, pois muitas vezes somos manipulados pelos nossos próprios sentidos.Uma imagem ou um cheiro irresistível muitas vezes já são o suficiente para nos tirar a concentração. Entretanto, nem sempre é possível experenciar os desejos na hora que eles aparecem. E quando isso não acontece o que acontece ? Muitas vezes surge uma irritabilidade, um nervosismo.

Relaxamento

“O  relaxamento é uma habilidade em si mesmo”

“Desviar a atenção não é o melhor método”

No entanto, a maioria destes métodos  são baseados em uma estratégia de desviar a atenção para longe da atividade interna do corpo e da mente. No inicio essas estratégias podem manter um falso estado de descontração, entretanto quando a consciência volta para si mesmo as tensões estão permanecidas e os desconfortos retornam exatamente como estavam antes.

A chave que abre a possibilidade real de relaxar é treinar a habilidade em si mesmo; Essa arte de relaxar descarta a necessidade de criar distrações para a mente, ou manter  o corpo ocupado com atividades físicas como forma de não sentir as inquietações e desconfortos quando o mesmo encontra-se parado.

“Mova a atenção através de seu próprio ser”

O princípio fundamental para aprender a relaxar é mover a atenção através de diferentes aspectos do seu próprio ser, tais como:  partes do corpo físico, ritmo e profundidade da respiração, percepção dos pensamentos e o estado das emoções.

Nossa proposta é ensinar  a sua consciência a se  auto -conduzir  para um  estado de relaxamento real.  E para isso você só precisa acompanhar o vídeo de áudio com frequência, no mínimo três vezes por semana . Em dois meses você vai sentir uma mudança significativa de relaxamento geral.

8) Concentração (Dharana) e Meditação 

É o estado de plena atenção integrando todo o Ser num único ponto e objetivo, onde a mente permanece imóvel em um constante equilíbrio das suas ondas. A concentração yogue é um estado de alta energia e constante estado de alerta

A meditação é uma prática no qual o indivíduo busca a unidade, a totalidade, o estado de paz, felicidade e transcendência.

Com a união da percepção não-dualista e a concentração natural podemos chegar ao estado meditativo. Quando desapegamos dos pensamentos confusos, das preocupações, de toda negatividade é que passamos a vivenciar o momento presente, consciente dele, uno com tudo e em paz consigo mesmo.

Ao meditar encontramos dentro de nós o equilíbrio e o grande poder de Deus, passando a manifestar a nossa Divindade e a sabedoria interior.

Para saber mais sobre o método, aulas e formações.

www.satyayoga.com.br

www.institutouniao.com.br

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *